Startups sorocabanas ingressam em um dos mais concorridos programas nacionais de aceleração de crescimento | Inova Sorocaba

Notícias do Parque Tecnológico de Sorocaba

Startups sorocabanas ingressam em um dos mais concorridos programas nacionais de aceleração de crescimento

5 de abril de 2017
|

Três startups incubadas pela Hubiz (incubadora do Parque Tecnológico de Sorocaba) foram selecionadas para participar do “InovAtiva Brasil”, um dos mais concorridos programas de aceleração em larga escala para negócios inovadores, promovido pelo MDIC (Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços), SEBRAE e executado pela CERTI (Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras).

 A concorrência foi acirrada: apenas 300, das mais de 1700 inscritas, conseguiram ingressar no programa, que é gratuito e será composto de mais uma etapa.

 As startups incubadas no PTS que foram selecionadas para a primeira fase foram a We Step Clean (cujo projeto desenvolve uma esteira para limpeza das patinhas dos Pet’s), a Eva Scientific Ltda. (biofabricação de tecidos artificiais à base de colágeno em biorreatores), e a Banho no Leito Seláh (kit que transforma o leito dos pacientes acamados em uma banheira, oferecendo mais conforto e segurança durante o banho do paciente). Outras duas startups sorocabanas também foram selecionadas: a Birmind e a Agrifour.

 O programa “InovAtiva Brasil” oferece capacitação especializada, com cursos gratuitos de empreendedorismo de alto nível ministrados por alguns dos maiores especialistas do país. Também oferece mentoria, onde investidores, empreendedores e executivos auxiliam as startups com informações, conselhos e contatos.

 Além disso, as startups finalistas no programa são conectadas a investidores e contam com acesso facilitado a editais de fomento e missões internacionais. Segundo o InovAtiva, as startups que chegam à etapa final de qualquer edição do InovAtiva Brasil, recebem suporte do próprio programa e de parceiros estratégicos.

 Segundo Marcelo de Santis Ferreira, coordenador de incubação do Parque Tecnológico de Sorocaba, a Hubiz ajudou as startups a montar a apresentação dos projetos que foram inscritos no “InovAtiva Brasil”, definindo modelos de negócios para que fossem projetos atrativos, o que foi essencial para que as startups conseguissem ingressar no programa.

 “Nas duas últimas rodadas de 2016 do InovAtiva Brasil, 3 startups nossas foram para a final do programa, trazendo muita visibilidade para elas”, relembra. “Tudo isto faz com que a HUBIZ apareça no cenário nacional, sendo reconhecida e podendo atrair mais projetos”, conclui.

 De acordo com Rodrigo Mendes, Diretor de Inovação do PTS e agente local InovAtiva, em todas as edições do programa, desde de sua criação em 2013, Sorocaba está entre as cidades que tiveram maior número de projetos inscritos, e os empreendedores sorocabanos tem se destacado, sempre estando entre os finalistas do programa.

 Para Soraia Benavides, da startup Banho no Leito Seláh, a participação no InovAtiva representa chances reais da empresa se tornar reconhecida e com lucratividade. “ Nosso principal objetivo é captar recursos e conquistar clientes. Mas para isso, precisamos de capacitação, orientação, conexão com investidores, enfim, suporte e parceiros”, enfatiza.

 Para o bioengenheiro Andreas Kaasi, fundador da startup Eva Scientific Ltda., o programa InovAtiva, por ser em nível federal, tem acesso privilegiado a todo o ecossistema inovativo do Brasil. “A Eva já foi beneficiada por um programa estadual, o PIPE, da FAPESP, mas ainda não buscou programas federais. Tenho certeza que isto irá mudar com o InovAtiva. Eles têm um histórico excelente de captar recursos para as startups, sejam investidores, órgãos de fomento etc., e espero amadurecer o negócio da empresa para também ter êxito nesse quesito”, salienta.

 “Através da Hubiz nós conhecemos o Inovativa e nos preparamos com consultorias para elaborarmos o modelo de negócio e o plano estratégico da nossa empresa”, relata Eduardo Bertasso, da We Step Clean. Segundo ele, o InovAtiva representa “a transformação de nossas ideias em negócios inovadores, através dos benefícios gerados por nossos produtos para a sociedade e o meio ambiente”.

 O “InovAtiva Brasil” terá ainda outra fase, na qual 125 negócios participantes da Etapa 1 são selecionados. Segundo o regulamento do “InovAtiva Brasil”, “na Etapa 2, o principal objetivo é preparar a startup para a implementação do negócio, captação de recursos financeiros e conexão com o mercado. Esta etapa é composta de cursos online, mentoria individual (presencial e à distância), atividades presenciais de mentoria e treinamento e apresentação para a banca de investidores”, enfatiza Rodrigo Mendes.