Pintec aponta aumento em investimentos em tecnologia e inovação, mas mão de obra ainda é gargalo | Inova Sorocaba

Notícias em Destaque

Pintec aponta aumento em investimentos em tecnologia e inovação, mas mão de obra ainda é gargalo

9 de dezembro de 2013
|

Fonte: Agência Gestão CT&I

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou, nesta quinta-feira (5), os resultados da Pesquisa de Inovação (Pintec) entre os anos de 2009 e 2011. Os dados apontam que 0,71% do faturamento líquido de vendas das empresas brasileiras foi destinado à pesquisa e ao desenvolvimento em 2011, número 0,09% superior ao registrado em 2008.

Ao todo, 128.699 empresas com dez ou mais pessoas ocupadas inovaram em produtos e/ou processos. Os investimentos em inovação em 2011 chegaram a R$ 64,9 bilhões, o que representa um total de 2,56% da receita líquida das empresas.

Os dados foram colhidos em indústrias de diferentes áreas de atuação: indústria; eletricidade e gás; e engenharia, arquitetura, testes e análises técnicas – os dois últimos não estavam incluídos no estudo de 2008. A pesquisa Pintec é produzida a cada três anos.

Entretanto, um dado preocupa o setor: a falta de mão de obra especializada. Foi a primeira vez que este problema foi apontado com um dos dois maiores desafios aos avanços do setor. Nada menos que 72,5% das indústrias consultadas atribuíram importância alta ou média a este fato. Ele só perdeu para os custos elevados, citados por 81,7% dos entrevistados.

As maiores inovadoras

A Pesquisa Pintec apontou ainda que as empresas de biotecnologia e nanotecnologia são as que mais inovam no Brasil. A primeira, apresenta taxas de 65,1% de processos inovadores. A segunda tem números ainda mais expressivos: 86,1% das pesquisadas apresentou ao menos um projeto inovador no período.

Acesse a pesquisa na íntegra neste link.

(Agência CT&I, com informações do IBGE)